Saiba como sacar o Auxilio Emergencial de R$600
5 (100%) 4 votes

Saiba como sacar o Auxilio Emergencial de R$600.

Devido a Pandemia do Virus Covid-19 e a “quarentena” que obriga empresas a estarem fechadas e profissionais liberais, pequenos empreendedores (MEI’s) “perderem” negócios, o Governo do Brasil anunciou que pagará um Auxílio Emergencial no valor de R$600,00 para essas pessoas.

Para tentar ou mesmo conseguir sacar o Auxílio Emergencial, o indivíduo não pode estar com carteira assinada (CLT), deve ter conta em banco aberta em seu próprio nome e deve estar com seu CPF devidamente inscrito na Receita Federal.

O limite do valor a ser pago, se limita para até duas pessoas da mesma família, sendo em um tempo pré estipulado de até três (3) meses de duração.

Se na família a única renda vier da mulher responsável pelo lar, o valor poderá chegar a R$1.200,00.

Mulheres que já recebem o Bolsa Familia e já estavam cadastradas no CAD ÚNICO não precisarão se cadastrar para receber o benefício, pois o cadastro em que já se encontram serve também para esse caso.

Um detalhe importante para quem já recebe o auxílio do Bolsa Família é que, enquanto estiverem recebendo o Auxílio Emergencial o outro benefício ficará imediatamente “Congelado” podendo assim apenas receber o que for mais vantajoso para a família.

Para receber o Auxílio Emergencial, o candidato deve fazer sua inscrição pelo site da Caixa ou pelo App que pode ser baixado na Google Play para telefones Android ou na Apple Store se no caso o sistema de seu Smartphone for IOS.

Depois de inscrito, o sistema e o governo do Brasil fará uma análise se realmente a pessoa atende todos os requisitos para receber o auxílio. Enquanto isso, o candidato pode verificar o andamento de sua solicitação pelo próprio aplicativo ou pelo site.

Logo quando se inscrever, aparecerá como “Em análise” podendo assim demorar alguns dias devido ao grande número de candidatos cadastrados no país.

No total, o Governo do Brasil prevê que serão pagos R$5.5 bilhões para essas pessoas que se inscreveram, que poderão ser pagos em contas Poupança da Caixa que podem ser abertas no nome do próprio candidato no ato da inscrição.

Segunda a própria Caixa Econômica Federal, essas pessoas que possuem conta na Caixa, são as que irão receber primeiro o benefício, depois vem a vez de quem possui contas em outros bancos, e só depois, as pessoas que possuem a poupança digital da Caixa.

Lembrando que para quem não tem a inscrição no CadUnico, cadastro esse que paga os benefícios bem conhecidos como Auxílio Bolsa Família, Auxílio Moradia, etc, é necessário que faça por aplicativo ou mesmo pelo site da Caixa

Para as demais parcelas do Auxílio Emergencial, existirá um calendário específico, visto que será de acordo com a data de seu aniversário, algo parecido com o PIS, e que já mostrará quando a pessoa auxiliada poderá sacar suas outras duas parcelas do benefício.

Vale ressaltar aqui que não é necessário correria, nem aglomeração em agências da Caixa, casas lotéricas ou correspondentes bancários, já que o auxílio é depositado na sua conta com datas programadas.

A caixa promete muita transparência e organização referente a esses pagamentos.

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial?

· É necessário ter 18 anos ou mais;

· Não possuir carteira de trabalho assinada no momento da inscrição;

· Autônomos, desempregados;

· Microempreendedores que possuem (MEI);

· Contribuintes da Previdência individuais.

Não poderá receber o auxílio quem estiver recebendo seguro desemprego, pensão, BPC ou aposentadoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui