Consórcio de casamento – como funciona a contratação
5 (100%) 1 vote

As realizar sonhos pode se tornar um pouco caro, como por exemplo, fazer um casamento.

São muitos detalhes que no final das contas podem pesar. Para ajudar a realizar o sonho de casar, seja em uma cerimônia simples ou mais luxuosa, há o consórcio de serviços.

São muitos os tipos de serviços prestados, um deles é o consórcio de casamento. Com ele é possível realizar o financiamento com recursos, evitando dívidas durante e após o casamento.

O que são consórcios?

Consórcio é uma associações entre pessoas, empresas, organizações ou governos para atingir o objetivo de participar de uma atividade ou partilhar recursos para alcançar um objetivo em comum.

No Brasil, o mais comum são consórcios de automóveis e imóveis, mas há outras possibilidades, como por exemplo, reformas, cirurgias e festas, como casamentos. 

O que é e como funciona o consórcio para casamento?

Antes de procurar bancos e financeiras que oferecem este tipo de serviço, é necessário planejar o casamento.

O processo pode ser longo, mas quanto melhor for o planejamento, melhor será a conclusão. Esse planejamento envolve colocar no papel todos os gastos e possíveis imprevistos para facilitar ao máximo todo o processo.

Depois de todos os gastos serem listados, chegou o momento de pesquisar e avaliar financiamentos.

Após escolher a instituição bancária ou empresa privada onde será contratado o consórcio, os noivos devem escolher a carta de crédito, ou seja, o valor que será gastos no evento. 

O consórcio de casamento dará cobertura de tudo que for referente a serviços. Por exemplo, aluguel do vestido, buffet, decoração da festa, segurança, sistema de som, DJ, banda, etc. 

Não é necessário apresentar o valor a ser gasto em cada serviço do evento, apenas o valor total que será gasto no casamento. 

Passo a passo para contratar um consórcio de casamento

Para a contratação de serviços por meio de consórcio é preciso seguir alguns passos. Confira.

  • Primeiro passo: calcule os gastos totais da festa e identifique o valor de consórcio necessário para cobrir o evento;
  • Segundo passo: após determinar os valor do consórcio é preciso estabelecer a quantidade de parcelas para a realização do pagamento. Analisar o quanto pode pagar por mês e os planos disponíveis é uma boa maneira para decidir em quantas vezes pagará o consórcio;
  • Terceiro passo: encontre uma administradora que seja autorizada pelo Banco Central do Brasil para trabalhar com consórcios. A Associação Brasileira de Administração de Consórcios (ABAC), possui uma lista com as empresas associadas disponível para consulta;
  • Quarto passo: antes de aderir ao consórcio, leia com atenção todas as cláusulas, principalmente as que se refere a taxa de administração do consórcio e outras possíveis taxas;
  • Quinto passo: após a contratação do consórcio, basta pagar as parcelas em dia e participar das assembleias mensais, onde acontecem os sorteios.

Há duas opções para conseguir a carta de crédito do consórcio de casamento: primeira, esperar ser sorteado e contemplado ou fazer um lance no consórcio na tentativa de antecipar a recebimento do valor da carta de crédito.

Os sorteios acontecem todo o mês e variam de quantidade de acordo com cada administradora. No caso de ser sorteado, o próximo passo é contratar contratar os serviços e fornecedores, por exemplo, a empresa responsável pela decoração e buffet.

Depois da contratação, devesse levar a nota fiscal até a administradora, para que assim, a administradora pague a conta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui