4 dicas de como negociar pendências financeiras
3.5 (70%) 2 votes

Quando as dívidas se acumulam e há sinal de como quitar, é normal bater o desespero. Até porque, ninguém quer ficar com pendências financeiras e acabar o nome cadastrado em órgãos de proteção ao crédito – Serasa e SPC. 

Nesses casos, é difícil manter a calma e resolver, pois estar com o nome negativado pode prejudicar a vida financeira das pessoas. Sabendo disso, separamos algumas dicas de como negociar as suas dívidas e sair do vermelho. 

Conheça as suas dívidas

Para saber quais as dívidas cadastrados no nome, basta entrar nos sites do SPC e Serasa e consultar utilizando o CPF.

Por meio da consulta é possível saber a empresa que cadastrou o seu nome e qual a dívida pendente com a mesma. Após identificar quais são pendências, faça uma lista com todas as dívidas.

Organize as suas dívidas

Depois de consultar e produzir um lista, chegou a hora de organizá-las. Analise quais as dívidas mais urgentes, as mais fáceis de quitar e quais apresentam o maior valor. Após isto, estabelece um critério de pagamento e siga-o para conseguir quitar todas as pendências. 

Negocie as dívidas

O terceiro passo é entrar em contato com as empresas e negociar as condições das pendências financeiras. Converse, informe suas condições e analise as propostas.

Não economize na negociação e leve sempre em consideração as suas condições financeiras. A negociação tem como objetivo ajudar a sair do vermelho, não pior ainda mais a situação.

Utilize uma renda extra para quitar as dívidas

Após chegar a um acordo é hora de começar a pagar a dívida.

Uma boa dica para conseguir quitar as pendências sem correr nenhum risco, é utilizar toda a renda extra para quitar. Assim, pode ser possível até terminar o pagamento antes do esperado.

Uma maneira de conseguir uma renda extra e se livrar das pendências financeiras é por meio de empréstimos.

Mesmo sendo difícil conseguir crédito com o cadastrado em órgãos de proteção ao crédito, ou seja, estar com o nome negativado, há empresas do ramo financeiro que disponibilizam o empréstimo pessoal para negativado. Por exemplo, a correspondente Noverde. 

Empréstimo pessoal para negativado na Noverde

A Noverde foi fundada em 2016 e é uma correspondente bancária, ou seja, um empresa contratada por bancos e outras instituições para prestar serviços de atendimento ao cliente.

Por meio de soluções inovadoras, eficazes e sem burocracias, a Noverde atua com um serviço de crédito inteligente. 

Para a contratação desta modalidade, a correspondente disponibiliza as seguintes condições:

  • Valor do crédito: o valor é de acordo com a análise de crédito;
  • Prazo de pagamento: de 3 meses à 12 meses;
  • Taxas de juros: varia entre 7,9% e 15,9% ao mês.

Para a análise de crédito, a correspondente leva em consideração informações pessoais, valor solicitado e número de parcelas.

Por exemplo, para um empréstimo de R$1.500,00, com parcelas de 12 vezes e juros de 10,15% ao mês. Neste caso, o valor total a ser pago é de R$2.661,18, com parcelas de R$221,77. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui